Rami volta a falar sobre o caso com Pamela Anderson: "Sei que ela não é tão má assim"

Rami volta a falar sobre o caso com Pamela Anderson: "Sei que ela não é tão má assim"
Redação

Tópicos

Rami e Pamela Anderson separaram-se, mas não de forma amigável. A atriz acusou o francês de violência doméstica e o caso correu o mundo.

A relação de Adil Rami, defesa-central do Boavista, e Pamela Anderson terminou da pior maneira, com a atriz a acusar o futebolista de violência doméstica. O francês, que sempre negou as acusações, voltou a falar do caso em entrevista ao La Provence.

"Eu não culpo a personalidade dela. Acredito em Deus e no Karma. Sei que ela não é tão má assim. Aquele ambiente de merda, todas as bactérias que a rodeavam e a obrigaram a fazer o que fez. O que causou distúrbios na nossa relação não foi ela, foram as pessoas que a rodeavam...", referiu o internacional e campeão do mundo pela seleção gaulesa.

"Magoou-me muito. Quando és acusado de algo que não fizeste, é frustrante. Foi uma acumulação de coisas, coincidiu com os meus problemas no Marselha", continuou antes de dizer que sabe que a sua imagem pública saiu prejudicada com a situação, mas que recebeu mensagens de apoio de pessoas que acusaram Pamela Anderson de mentir.

"Recebi muitas mensagens que diziam: 'Ela fez isso com todos os ex-companheiros, devias ter estado mais atento'. Não sou a primeira vítima dela, mas, mais cedo ou mais tarde, vamos saber a verdade", finalizou.