Bruno Lage fala da dedicatória do primeiro golo e do festejo de João Félix

Bruno Lage fala da dedicatória do primeiro golo e do festejo de João Félix

Treinador do Benfica destacou o espírito de equipa e as dedicatórias nos golos.

Festejo do primeiro golo, com o treinador de guarda-redes: "Aproveito para dedicar [a vitória] ao Fernando Ferreira [treinador de guarda-redes], que teve uma semana difícil, perdeu a mãe. O grupo juntou-se e quis oferecer a vitória. O nosso capitão teve antes do jogo um discurso que nos deixou emocionados e praticamente em lágrimas, no sentido de entrar determinados para oferecer a vitória ao Fernando, e conseguir o golo logo aos dois minutos... Mostra um espírito de equipa muito grande, vive-se um espírito de equipa muito forte no balneário, de uma verdadeira equipa. Fica assim o nosso pequeno contributo também para o Fernando".

João Félix abraçou o irmão [apanha-bolas] no festejo do golo: "Deus queira que seja uma passagem de testemunhos, para que no dia de amanhã o mais jovem [irmão de João Félix] também possa ter uma carreira profissional".

Análise: "Acima de tudo foi uma boa vitória, equipa com uma boa dinâmica, uma primeira hora muito boa, ao nosso melhor nível, chegamos ao 2-0, mesmo falhando o penálti. Depois acontece o golo, sentimos um pouco o entusiasmo do jogo, as oportunidades do Vitória, que é fortíssimo, com um avançado veloz, inteligente, aproveita espaços para acelerar e chega ao 2-1. Voltámos a entrar muito bem na segunda parte, chegámos ao 3-1 e ao 4-1, nos últimos minutos podíamos gerir mais o jogo com bola".