O plano do Benfica para David Tavares, a promessa que impressionou o Liverpool

O plano do Benfica para David Tavares, a promessa que impressionou o Liverpool
Pedro Miguel Azevedo/Vítor Rodrigues

Tópicos

O Benfica pretende ver reforçada a duração do vínculo do médio, assim como promover a subida da cláusula,

O Benfica procura negociar, neste momento, a renovação do médio David Tavares, jovem de 20 anos que representa a equipa B mas que está encaminhado para integrar o plantel principal em 2019/20. Ao que O JOGO apurou, a estrutura dos encarnados pretende aumentar a duração do contrato do jovem, de 2023 pelo menos para 2024, assim como reforçar o valor da cláusula de rescisão, faltando definir se a mesma passa para 100 ou 120 milhões de euros.

Visto como mais um jogador capaz de vir a afirmar-se como elemento efetivo do plantel de Bruno Lage em 2019/20 - esteve na última pré-época, mas uma grave lesão retirou-o das contas -, David Tavares também já tem conquistado atenções de clubes como o Liverpool. Tal como O JOGO reportou ontem, responsáveis dos reds gostaram do médio no jogo-treino que fizeram, em Marbella com a equipa B das águias, antes de disputarem a final da Champions.

O JOGO falou com João Tralhão, ex-treinador de juniores do Benfica e umas das pessoas que conhece bem David Tavares, e o técnico conta o que o Liverpool terá visto no jogador. "O David é um lutador por natureza e nunca vai desistir de atingir a meta de jogar na equipa principal do Benfica. Tem técnica, é supertalentoso, oferece muitas recuperações, é um "box to box". Tanto faz ruturas nas costas dos laterais como logo a seguir aparece na própria área a fazer cortes. Além de tudo, o seu pé esquerdo é muito evoluído", aponta, sem acreditar que este fique afetado pelo facto de já ser seguido fora de Portugal. "A cabeça dele está no Benfica, mas é sempre reconfortante ser reconhecido pelo campeão europeu", defende, recordando o tempo de trabalho com o médio. "Quando chegou ao Benfica, tivemos umas chatices construtivas. É um dos meus maiores orgulhos, porque sinto que consegui ajudá-lo a ser o jogador que é e ele obrigou-me a ser melhor treinador para o ajudar. É um miúdo muito exigente na vida e no futebol, com um sentimento de superação constante e muito competitivo", diz.

Lesionado na pré-época do ano passado, David Tavares passou parte do ano parado mas isso nunca desanimou o jovem: "Falámos muito nesse tempo e nunca o vi ir-se abaixo, teve sempre uma atitude positiva e só falava que iria voltar ainda melhor."