Há quem veja o Famalicão na Liga Europa e para lá dos "quartos" da Taça

Há quem veja o Famalicão na Liga Europa e para lá dos "quartos" da Taça

Desempenho atual no campeonato faz com que o ex-jogador, qie passou as últimas cinco épocas no minho, acredite numa época de sucesso na prova-rainha. Nesta década, só por três vezes é que o clube caiu da prova logo no primeiro jogo que fez

Foi logo na terceira participação na Taça de Portugal que o Famalicão bateu um recorde que resiste até hoje, quando os minhotos chegaram às meias-finais em 1945/46.

Contudo, nessa época só foi preciso fazer três jogos para chegar a tão avançada fase da competição e, nos anos que se seguiram, o "Fama" esteve seis vezes nos "quartos": 1976/77, 1978/79, 1980/81, 2000/01 e 2014/15.

Na ocasião mais recente, Joel Monteiro, agora no Casa Pia, jogou na partida diante do Sporting que ditou o adeus do "Vila Nova" à prova-rainha. O lateral-direito, que representou os famalicenses nas últimas cinco temporadas, está entusiasmado com a campanha no campeonato e por isso acredita num desempenho de nível elevado na Taça.

"O Famalicão está a fazer um arranque fortíssimo e acredito que vai apurar-se para a Liga Europa. Na Taça de Portugal, tem tudo para chegar longe e porventura superar o que conseguimos há quatro anos", vaticinou.

O primeiro obstáculo é o Lourosa, do Campeonato de Portugal, e, nesta década, só por três vezes em dez participações é que o Famalicão foi eliminado logo no primeiro jogo que fez.

"Estes bons desempenhos na Taça têm tudo a ver com o crescimento do clube: são algo que tem surgido com naturalidade", explica. A época 2014/15 foi de subida para o "Fama", na altura do Campeonato de Portugal para a II Liga.

"Fomos a Alvalade antes de um jogo decisivo contra o Varzim para o campeonato. Rodámos vários jogadores e só quisemos desfrutar do encontro", lembra Joel, que ao todo fez 107 jogos no Famalicão, tendo logrado marcar cinco golos.