César Peixoto: os motivos para a saída e o nome desejado para a sucessão

César Peixoto: os motivos para a saída e o nome desejado para a sucessão

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Lino Devesas

Tópicos

Responsáveis do Moreirense apreciam qualidades de Vasco Seabra.

Vasco Seabra está prestes a assumir o cargo de treinador do Moreirense. O técnico, de 40 anos, que recentemente deixou o Boavista, é o desejado pelos responsáveis dos cónegos, que apreciam as suas qualidades e já encetaram contatos tendo em vista a sua contratação.

A oficialização do contrato, em princípio por ano e meio, poderá acontecer já amanhã, segunda-feira, bastando para tal que sejam entretanto ultrapassados alguns pormenores ainda em discussão. Por saber está o nome dos colaboradores que acompanharão o novo técnico, uma vez que o clube de Moreira de Cónegos possui nos seus quadros o adjunto Leandro Mendes e o treinador de guarda-redes, Paulo Lobo.

Vasco Seabra prepara-se para ser o substituto de César Peixoto, que após render Ricardo Soares, orientou os cónegos em apenas cinco jogos na Liga (duas derrotas, dois empates e uma vitória) e dois da Taça de Portugal (eliminou Merelinense e Cova da Piedade) antes de se demitir, alegadamente por intromissão do presidente no seu trabalho. A decisão, tomada após a única vitória conquistada, causou surpresa, mas não provocou esse efeito em toda a gente, uma vez que se percebia alguma dificuldade em conciliar a cultura de liderança do clube com a forte personalidade do técnico. Tratou-se apenas de uma questão de tempo, após o empate com o Gil Vicente, e na sequência de uma chamada de atenção de que foi alvo.