"Com os dois golos, o jogo ficou sentenciado, já nem tínhamos tempo para dar uma resposta"

"Com os dois golos, o jogo ficou sentenciado, já nem tínhamos tempo para dar uma resposta"

Sem um técnico após demissão de César Peixoto, Paulo Lobo, treinador guarda-redes do Moreirense, falou no final do jogo com o FC Porto

Avaliação do jogo: "Como é lógico, viemos a um campo difícil, para defrontar o campeão nacional, onde nós nunca pontuamos... Penso que a equipa entrou bem, com uma identidade que já tinha sido demonstrada em outros jogos. Estivemos bem, depois aos 20 minutos dá-se o penálti, as coisas acabaram por ficar mais difíceis e ficámos em desvantagem. Mas salientar a resposta dos nossos jogadores, que foram super profissionais, mantiveram a identidade, mantiveram a ideia e conseguimos manter o jogo em aberto até o final do jogo. Logo depois com os dois golos, o jogo ficou sentenciado, já nem tínhamos tempo para dar uma resposta".

Limitações ofensivas e desfalques: "Limita sempre (a falta de opções). Tentamos encontrar as soluções dentro do grupo, mas, mais uma vez, queremos parabenizar os nossos jogadores pela entrega, pelo trabalho, profissionalismo que têm demonstrado sempre em todos os jogos e ao longo da semana."

Futuro do Moreirense: "Acima de tudo, trabalho e a competência dos jogadores está à vista. Fora do nosso estádio tem sido difícil, não temos conseguido bons resultados, mas vamos continuar a trabalhar. É isso que podemos prometer".