Portimão fecha pavilhões e piscinas e o clube suspende futebol de formação

Portimão fecha pavilhões e piscinas e o clube suspende futebol de formação
Hélio Nascimento

Tópicos

Medidas tomadas depois de dois casos confirmados de coronavírus.

Na sequência dos dois casos verificados e confirmados de coronavírus (covid-19) no concelho de Portimão, e em estreita articulação com a autoridade local de saúde pública, a Câmara Municipal informou que, pelo menos até ao próximo dia 31 de março, serão encerradas ao público todas as instalações desportivas e culturais do município sob gestão direta da autarquia.

Também todos os eventos organizados pela Câmara e ou que tenham lugar em equipamentos municipais serão suspensos. Piscinas e pavilhões da cidade e do concelho estão a ser encerrados, uma situação diferente da ocorrida com o futebol profissional, visto que se trata de uma gestão privada, da SAD, e com outros contornos. Já o futebol de formação, que está sob a égide do clube, decidiu também suspender toda a atividade, por tempo indeterminado.

"Na sequência das últimas informações acerca da evolução do Coronavírus (Covid-19) na nossa cidade, e decorrente do acompanhamento permanente que o clube vem mantendo com a autarquia, o Portimonense Sporting Clube vem informar a suspensão temporária de todas as suas atividades desportivas das várias secções", anunciaram os algarvios, no seu site.

Futebol, futsal, basquetebol e andebol são as principais modalidades que são praticadas no clube.

"O Portimonense conta entre as suas largas centenas de atletas vários jovens e crianças que frequentam as escolas da cidade entretanto encerradas, pelo que, sem alarmismos desnecessários, mas convictos das nossas responsabilidades, esta é, nesta altura, a decisão que melhor protege os nossos jovens, contribuindo em simultâneo para combater a propagação do vírus", esclarece a entidade.

A instituição algarvia promete para "breve" novas informações sobre as suas atividades e recordam aos seus associados e praticantes as orientações das autoridades de saúde no combate à propagação do vírus, bem como à monitorização de eventuais indícios de contágio.

Esta medida não afeta a atividade do futebol profissional, que decorre normalmente no Estádio Municipal daquela cidade algarvia.