Centena de Pepe ameaça registo de Figo na Liga dos Campeões

Centena de Pepe ameaça registo de Figo na Liga dos Campeões
Bruno Filipe Monteiro

Tópicos

O internacional português é o 41.º jogador da história a atingir a centena, mas só o quinto central a lográ-lo. A estreia foi em 2004/05, ao serviço do FC Porto, mas também jogou na prova por Real e Besiktas

Se os russos do CSKA de Moscovo surgem na história de Pepe como o clube que apadrinhou a estreia do defesa na Liga dos Campeões, na época de 2004/05, tudo aponta para que os gregos do Olympiacos apareçam como o adversário do centésimo jogo na competição.

Salvo qualquer problema físico, a marca simbólica será obtida amanhã, terça-feira no Dragão, e fará o capitão do FC Porto superar esta barreira com 16 participações na prova. O internacional português será o 40.º jogador da história a fazê-lo, mas apenas o quinto central, depois de Sérgio Ramos (124), Piqué (117), Puyol (115) e John Terry (109).

Se for utilizado nas quatro jornadas que se seguirão à de amanhã e se o FC Porto avançar para a fase a eliminar, o jogador de 37 anos até se tornará no segundo português com mais aparições na liga milionária, uma vez que Figo terminou a carreira com 104. O primeiro, que dá pelo nome de Cristiano Ronaldo, já está a uma distância considerável (170).

Até ao hiato da última temporada, Pepe levava 15 participações consecutivas na Champions. Por isso, quando a edição deste ano teve o pontapé de saída, o central era o 11.º jogador com mais encontros disputados. Apesar da "rodagem", o internacional português nunca se destacou por fazer muitos golos. Pelo contrário.

Do currículo constam apenas três (dois com o Rangers e um com o Borússia Dortmund) e em encontros nos quais os clubes que representava (FC Porto e Real Madrid) acabaram por não ganhar.

No entanto, como dificilmente seria o registo goleador de um defesa a conduzir uma equipa até ao título, o internacional português pode gabar-se de ter erguido a "orelhuda" por três ocasiões, todas com o Real Madrid. O sonho de conquistar a quarta foi anunciado em Manchester. Mas até o próprio admitiu ser complicado de atingir...