Vermelho a Renan entra na história do Sporting

Vermelho a Renan entra na história do Sporting

O camisola 40 bateu os 10" que Luís Vidigal demorou a ser expulso frente ao Gil Vicente, em 1995/1996. E os 8" do vermelho a Lucas Áfrico (Marítimo) na presente edição da liga

O duelo de ontem entre o Aves e o Sporting ficou marcado pela expulsão madrugadora de Renan que, aos 4 minutos, foi punido por Artur Soares Dias por ter travado Luquinhas quando este tinha via livre para mirar a baliza dos leões.

Desta forma, a expulsão do guarda-redes do Sporting tornou-se a mais rápida da história do clube na liga. O anterior recorde negativo pertencia a Luís Vidigal que, na temporada 1995/1996, tinha recebido um cartão vermelho aos 10 minutos na visita ao terreno do Gil Vicente. Curiosamente, tal como aconteceu ontem, a turma de Alvalade não acusou a inferioridade numérica e acabou por vencer em Barcelos, por 2-0, com golos de Paulo Alves e Carlos Xavier, de penálti.

No entanto, Renan também entrou para os livros de história da presente edição da liga, pois bateu a anterior expulsão mais rápida: Lucas Áfrico (Marítimo), aos 8 minutos no duelo contra o FC Porto. Registe-se que em toda a sua carreira enquanto sénior - que contemplou passagens por Estoril, São Paulo, Atlético Mineiro - Renan nunca tinha recebido ordem de expulsão.