Arouca e Académico de Viseu empatam e prolongam série negativa

Arouca e Académico de Viseu empatam e prolongam série negativa
Redação com Lusa

Tópicos

Arouca e Académico de Viseu empatam e continuam sem vencer na II Liga.

O Arouca e o Académico de Viseu empataram este domingo 1-1, na quarta jornada da II Liga portuguesa, prolongando a série negativa de ambas as equipas, que procuram a primeira vitória no campeonato.

Os viseenses chegaram a Arouca com duas derrotas nos dois jogos disputados e até marcaram primeiro, por Mathaus, aos quatro minutos, enquanto a formação de Armando Evangelista empatou por intermédio de João Basso, aos 24, depois de somar dois empates e uma derrota.

Na marcação de um canto, Mathaus saltou e cabeceou sozinho para o fundo das redes, inaugurando o marcador, que poderia ter sido dilatado por Carter, mas a iniciativa individual do avançado terminou com um remate ao lado.

A partir daí, a displicência forasteira permitiu à formação arouquense tomar as "rédeas" da partida e Heliardo ainda falhou na "cara" de Ricardo Janota, depois de uma primeira defesa do guardião, mas o tento do empate acabaria por surgiu também numa bola parada, com João Basso a saltar sozinho e a fazer o primeiro golo da equipa no campeonato.

Apesar de controlarem a posse de bola, os anfitriões não conseguiram voltar a criar perigo junto da baliza adversária, enquanto a equipa de Sérgio Boris preocupou-se em impedir nova derrota, numa segunda parte fraca do ponto de vista exibicional.

Jogo no Estádio Municipal de Arouca.

Arouca - Académico de Viseu, 1-1.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

0-1, Mathaus, 04 minutos.

1-1, João Basso, 24.

Equipas:

- Arouca: Victor Braga, Thales, João Basso, Brunão, Clemente, Marco Soares (Nuno Rodrigues, 62), Pedro Moreira, Leandro Silva, Adílio (Júnior Sena, 76), Heliardo (Anthony Blondell, 53) e Bukia.

(Suplentes: Fernando Castro, Diogo Costa, André Silva, Luiz Gustavo, Yaw Moses, Júnior Sena, Anthony Blondell, Frederick Takyi e Nuno Rodrigues).

Treinador: Armando Evangelista.

- Académico de Viseu: Ricardo Janota, Tiago Mesquita, João Pica, Mathaus, Jorge Miguel, Zimbabwe, Diogo Santos, Luisinho (Joel, 85), Fernando Ferreira (Romy, 85), Yuri Araújo (André Carvalhas, 80) e Carter (João Vasco, 60).

(Suplentes: Ricardo Fernandes, Rafael, Fábio Santos, André Carvalhas, Romy Silva, João Vasco, Joel, Bruno Loureiro e Filipe Soares).

Treinador: Sérgio Boris.

Árbitro: Rui Lima (AF Viana do Castelo).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Thales (21) e Zimbabwe (23).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.