Estoril bate Leixões e isola-se no segundo lugar da II Liga

Estoril bate Leixões e isola-se no segundo lugar da II Liga
Redação com Lusa

Tópicos

Zé Valente marcou o único golo da partida.

O Estoril venceu esta segunda-feira o Leixões, 1-0, em jogo da quarta jornada da II Liga, e isolou-se no segundo lugar, numa partida em que teve ocasiões suficientes para conseguir uma vitória mais folgada.

Zé Valente, aos 44 minutos, aproveitou um desentendimento na defesa nortenha e finalizou o lance que viria a fazer a diferença no jogo.

Com este triunfo, o Estoril isolou-se no segundo lugar da competição, com nove pontos em quatro encontros, a três do líder Mafra. Já o Leixões permanece no 16.º posto, com apenas dois pontos em quatro rondas.

Jogo no Estádio António Coimbra da Mota, na Amoreira.

Estoril - Leixões, 1-0.

Ao intervalo: 1-0.

Marcador:

1-0, Zé Valente, 44 minutos.

Equipas:

Estoril: Dani Figueira, João Diogo (Carles Soria, 89), Hugo Basto, Hugo Gomes, Joãozinho, Rosier, João Gamboa, Crespo (André Franco, 87), Zé Valente (Cícero, 72), Vidigal (Chiquinho, 80) e Yakubu Aziz.

(Suplentes: Thiago, Vital, Cícero, Chiquinho, Empis, Carles Soria, André Franco, Paulinho e André Clóvis).

Treinador: Bruno Pinheiro.

Leixões: Beto, Edu Machado (Sapara, 72), Pedro Pinto, Brendon, Tiago André, Diogo Gomes, Bruno Monteiro (Lucas Lopes, 46), Jota (Paulo Machado, 63), Joca Samuel (Nené, 80), Jota Silva (Rui Pedro, 63) e Harramiz.

(Suplentes: Stojkovic, Sapara, Rui Pedro, Paulo Machado, Rafael Furlan, Nené, Lucas Lopes, João Pedro e Pana).

Treinador: Tiago Fernandes.

Árbitro: Miguel Nogueira (AF Lisboa).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Pedro Pinto (58), Yakubu (62), Lucas Lopes (78), Crespo (81), Chiquinho (82), Cícero (88) e Diogo Gomes (90+2).

Assistência: Jogo à porta fechada devido à pandemia de covid-19.