Renato Paiva: "Não há aqui pessoas equilibradas. Querem fazer as coisas a todo o custo"

Renato Paiva: "Não há aqui pessoas equilibradas. Querem fazer as coisas a todo o custo"
Redação

Tópicos

Treinador do Benfica B falou sobre o pedido de adiamento de jogo do Mafra [cinco jogadores com covid-19 não participaram no jogo], ao qual os encarnados acederam. Liga não permitiu adiamento do jogo.

Renato Paiva, treinador do Benfica B, teceu duras críticas ao facto de o jogo deste sábado frente ao Mafra não ter sido adiado, mesmo depois do pedido de adiamento da equipa da região saloia devido a um surto de covid-19, que tirou cinco jogadores da partida.

De salientar que o Benfica se disponibilizou a não jogar, mas o encontro teve mesmo de ser realizado, acabando o Mafra por vencer, 2-1.

"É a nossa forma de estar, gostávamos de ter jogado contra o Mafra completo, como gostamos de jogar em qualquer lado com o adversário completo. Não quer dizer que os jogadores do Mafra que jogaram tenham estado mal, muito pelo contrário. Mas obviamente que o treinador do Mafra preferia de ter a equipa toda. E eu penso sempre em não fazer aos outros o que não gosto que me façam a mim. E obviamente se tivéssemos este problema gostaríamos evidentemente que o Mafra se disponibilizasse a não jogar como o Benfica fez. Tem de ser a maneira de estar, normalmente na vida, e ainda mais com uma situação como estamos a atravessar, cuja maior ameaça é à nossa saúde", começou por dizer.

"Temos de ser todos equilibrados e as vezes parece-me que não há pessoas equilibradas. Parece-me não. Não há aqui pessoas equilibradas, parece-me que querem fazer as coisas a todo o custo, e a custo da coisa mais importante de todas, que é a saúde das pessoas.", concluiu.