Câmara de Viseu recusa dar mais dinheiro ao Lusitano Vildemoinhos

Câmara de Viseu recusa dar mais dinheiro ao Lusitano Vildemoinhos

Lusitano de Vildemoinhos exige mais apoios por parte da autarquia, mas a resposta foi negativa. Direção ameaça com a extinção do clube

O Lusitano de Vildemoinhos, clube da cidade de Viseu que disputa a Série B do Campeonato de Portugal, pode estar prestes a fechar as portas.

Tudo porque a direção dos viseenses, que está demissionária, exige mais apoios da Câmara Municipal de Viseu, mas ontem recebeu uma resposta negativa por parte de Almeida Henriques, presidente da autarquia. "Não vou pôr dinheiro dos contribuintes a pagar transferências, contratações ou salários de jogadores. Santa paciência! Eu acho que o nosso dinheiro é nosso e não existe para apoiar contratações. Ponto final. Nem vou esperar pelo dia 8, a resposta já está dada", afirmou à margem de uma reunião do executivo, aludindo a 8 de outubro, dia no qual a direção do Lusitano cessa funções.

A equipa diretiva liderada por António Loureiro já tinha garantido que, após essa data, apresentará uma demissão "irrevogável" que poderá levar ao "desaparecimento do Lusitano".