Capitão da seleção da Arménia deixa futebol para ir para a guerra

Capitão da seleção da Arménia deixa futebol para ir para a guerra
Redação

A Arménia está em conflito com o o Azerbaijão e os arménios com menos de 40 anos vão alistar-se no exército. Varazdat Haroyan, capitão da seleção, é um deles.

Em conflito com o Azerbaijão, a Arménia pediu a todos os homens com menos de 40 anos para se alistarem no exército e o capitão da seleção arménia, Varazdat Haroyan, não ficou de fora. O jogador deverá mesmo deixar o futebol aos 28 anos, segundo a imprensa internacional.

Depois de três temporadas ao serviço do Ural, da primeira liga da Rússia, o defesa-central já tinha acordo total com os gregos do Larissa, mas a chamada do exército mudou os planos por completo.

"Ele alistou-se como todos os cidadãos arménios com menos de 40 anos e já está em zona de guerra", explicou o empresário do jogador que conta com 51 internacionalizações pela seleção arménia.