"Wolves? Não podemos ignorar a cenoura a balançar à nossa frente"

"Wolves? Não podemos ignorar a cenoura a balançar à nossa frente"

Jogadores do Crusaders mostra-se entusiasmados com a possibilidade de defrontar o Wolverhampton na Liga Europa.

O sorteio da segunda pré-eliminatória da Liga Europa foi "simpático" para o Wolverhampton, uma vez que a formação orientada por Nuno Espírito Santo terá pela frente o vencedor da eliminatória entre o Crusaders, da Irlanda do Norte, e o B36 Torshavn, das Ilhas Faroé.

Na formação de Belfast reina o entusiasmo, como deu conta o veterano defensa Sean Ward, de 35 anos, em declarações ao jornal Express & Star. "Não há como negar, é um grande incentivo poder jogar contra os Wolves e estaria a mentir se dissesse que os jogadores não falaram sobre o sorteio. O nosso grupo de WhatsApp ficou bastante ativo, mas houve alguns jogadores que colocaram água na fervura. Poder jogar contra um adversário da Premier League é brilhante, mas a ainda temos um trabalho a fazer", começou por referir o jogador dos norte-irlandeses, antes de rematar:

"Não podemos ignorar a cenoura a balançar à nossa frente, mas o nosso foco total vai para o B36 Torshavn", concluiu Ward.

Além de ter Nuno como treinador, o Wolverhampton conta com vários jogadores portugueses no plantel, a saber: Rui Patrício, Rúben Vinagre, Rúben Neves, João Moutinho, Hélder Costa, Ivan Cavaleiro e Diogo Jota, além de Pedro Gonçalves, que atua pela equipa de reservas.