Tottenham de Mourinho goleou e um outro treinador português está nos 16 avos de final

Tottenham de Mourinho goleou e um outro treinador português está nos 16 avos de final
Redação com Lusa

Tópicos

Roma, orientada por Paulo Fonseca, voltou a bater o Cluj e garantiu o apuramento para a próxima ronda da Liga Europa. Confira a síntese da quarta jornada da fase de grupos.

O Benfica voltou hoje, tal como na ronda anterior, a resgatar um empate diante do Rangers, anulando a vantagem de dois golos dos escoceses, e mantendo-se na luta pelo primeiro lugar do grupo D da Liga Europa de futebol.

Na partida da quarta jornada, e tal como tinha sucedido no início do mês, na Luz (3-3), os "encarnados' estiveram a perder por dois golos (3-1 em Lisboa e agora 2-0), mas conseguiram anular os tentos de Scott Arfield e Kemar Roofe na parte final, com um autogolo de James Tavernier e um pontapé certeiro de Pizzi.

A formação benfiquista, que não marcava qualquer golo em jogos na Escócia desde 1960/61 - quando ganhou ao Hearts -, mantém-se, assim, empatada na liderança com os escoceses, ambos com oito pontos e a dependerem apenas de si próprios para seguirem em frente, o que acontecerá se vencerem os respetivos encontros na quinta jornada.

Benfica e Rangers têm cinco pontos de vantagem sobre Lech Poznan e Standard Liège, que esta sexta se defrontaram. Os belgas conseguiram a primeira vitória na prova, ao operarem a reviravolta (2-1) sobre os polacos, sendo que o tento decisivo surgiu aos 90+3 minutos, por intermédio do cipriota Konstantinos Laifis.

A Roma, treinada pelo português Paulo Fonseca, venceu por 2-0 o Cluj e assegurou a presença nos 16 avos de final, juntando-se a Leicester - que empatou com o Sporting de Braga - Arsenal e Hoffenheim, que tinham carimbado a passagem poucas horas antes.

Com um autogolo de Gabriel Debeljuh, aos 49 minutos, e um tento de Jordan Veretout, aos 67, os romanos consolidaram a liderança do grupo A, com 10 pontos, mais três do que o Young Boys, que bateu o CSKA de Sófia, por 1-0.

No grupo J, o Tottenham, de José Mourinho, goleou o Ludogorets, último colocado, por 4-0, com o brasileiro Carlos Vinícius, emprestado pelo Benfica, a ser a grande figura da partida, ao anotar dois golos, antes de Harry Winks e Lucas Moura comporem o expressivo resultado.

Os londrinos têm os mesmo nove pontos do Antuérpia, que também está bem encaminhado para a se apurar para a ronda seguinte, depois de ter vencido por 2-0 o LASK Linz, que soma três.

Em noite de homenagem a Diego Armando Maradona, que morreu na quarta-feira, o Nápoles superou os croatas do Rijeka por 2-0 e isolou-se na liderança do grupo F, graças aos golos de Mateo Politano e Hirving Lozano. Os napolitanos, com nove pontos, aproveitaram da melhor forma o nulo (0-0) entre Real Sociedad e AZ Alkmaar, ambos com sete.

Slavia de Praga, Bayer Leverkusen e Granada estão cada vez mais perto de engrossarem o lote de emblemas que vão estar nos 16 avos de final. Os checos garantiram um triunfo por 3-1 na visita ao Nice e os germânicos venceram por 4-1 o Hapoel Beer Sheva, dividindo a liderança do grupo C, com nove pontos, mais seis do que os franceses e os israelitas.

Com os portugueses Rui Silva e Domingos Duarte entre os titulares, o Granada conseguiu uma vitória por 2-1 na receção ao Omonia, que contou com o médio luso Kiko, e ocupa o primeiro posto do grupo E, com 10 pontos, à frente do PSV (seis), que esteve a perder por 2-0 na receção ao PAOK, mas conseguiu operar a reviravolta e vencer por 3-2

A quinta e penúltima jornada da fase de grupos da Liga Europa está agendada para 3 de dezembro.