"João Félix? Pareceu-me um negócio de risco, mas dizem que vai ser um craque"

"João Félix? Pareceu-me um negócio de risco, mas dizem que vai ser um craque"

José Luis Martínez-Almeida, alcaide de Madrid e sócio do Atlético, comenta a contratação mais cara do defeso.

Sócio número 97.493 do Atlético de Madrid, José Luis Martínez-Almeida, alcaide da capital espanhola, não esconde a paixão pelo emblema "colchonero" e está sempre atento à atualidade do clube. Como tal, não deixou de comentar a contratação de João Félix, a mais cara do defeso até ao momento.

"Quero vê-lo jogar. Disse a Miguel Ángel Gil Marín que me pareceu uma contratação de risco, mas todos me disseram que vai ser um craque do futuro. Espero que não aconteça como quando [Javier] Aguirre demorou a pôr Kun [Aguero] a jogar. O Cholo [Simeone] deve ser corajoso e apostar em Félix logo no início", começou por assinalar o autarca, que reservou palavras para os outros negócios do Atlético, incluindo o que levou Herrera, ex-FC Porto, para o Wanda Metropolitano:

"O Atleti está a contratar bem. Dizem-me coisas fenomenais sobre o Renan Lodi, o Herrera é um bom médio, e o que poderei dizer sobre Marcos Llorente, Koke, Saúl, Giménez, Diego Costa... O projeto tem boa pinta, mas há que dar um salto de qualidade. Somos um grande da Europa e vamos demonstrá-lo", asseverou Martínez-Almeida, em entrevista ao jornal As.