Seleção já treina em Bucareste à procura de um apuramento que escapa desde 2006

Seleção já treina em Bucareste à procura de um apuramento que escapa desde 2006

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Rui Guimarães, enviado especial a Bucareste (Roménia)

Tópicos

Seleção Nacional está em Bucareste desde ontem ao final da tarde. Garantir já a qualificação para o Campeonato da Europa de 2020 é a meta. Ainda há quatro pontos em jogo e a Portugal basta um para alcançar o objetivo que persegue desde 2006. Ontem foi dia de chegar à Roménia, jantar e descansar, pois hoje haverá um último treino antes do jogo

Consciente da oportunidade de ouro que tem pela frente, a Seleção Nacional de andebol já está em Bucareste onde, hoje (16 horas, TVI 24), vai tentar garantir a qualificação para o Campeonato da Europa de 2020. Esta meta, que Portugal persegue desde 2006 - desde esse ano que não vai a uma grande competição internacional -, está a um ponto de distância. "Estamos numa posição muito favorável, temos aqui uma grande hipótese nas mãos de nos apurarmos para a próxima competição, em janeiro, algo que há muito tempo não é conseguido e acredito que desta vamos conseguir e já na Roménia", disse André Gomes, lateral-esquerdo do FC Porto e, aos 20 anos, o mais novo dos 18 atletas que Paulo Jorge Pereira convocou. "Sou o mais novo, mas estar presente numa competição de seniores é mais uma meta que quero conquistar. Se me inibo? Não, já estou habituado, desde os 17 anos que estou nos seniores e aqui é a mesma coisa. Espero estar inspirado", reagiu.

"Sendo este estágio no final da época, é normal que os jogadores venham cansados, mas temos estado todos muito bem nos treinos e acredito que estamos no bom caminho", garantiu ainda o meia distância - filho do antigo futebolista Jorge Gomes, avançado brasileiro que jogou no Benfica, Braga e Boavista -, assegurando também que a equipa nacional vai manter o foco e esquecer que falta apenas um ponto para a qualificação ainda havendo mais um jogo, com a Lituânia, no domingo, às 17 horas, em Matosinhos. "A equipa não vai relaxar, que isso pode dar mau resultado. Não vai ser esse o caso, estamos com um bom espírito, todos motivados e acho que vamos sair daqui com vitória. Ou melhor, tenho a certeza", terminou, não querendo esperar por domingo para festejar.

Atraso de uma hora e TV à espera

A Seleção Nacional deixou a Póvoa de Varzim ontem às 8h30, em direção ao Aeroporto Francisco Sá Carneiro, fez um voo para Munique e, da cidade alemã, outro para Bucareste. Esse segundo voo atrasou cerca de uma hora, nada que incomodasse os atletas, que chegaram bem-dispostos. Mas a grande atração, pelo menos para a TV romena, foi o técnico Paulo Jorge Pereira, que trabalhou um ano e meio no CSM Bucareste, pelo qual venceu a Taça Challenge. "Não imagina a importância que eles aqui dão ao desporto", explicou o selecionador nacional.