Paulo Jorge Pereira: "Noruega pode ter um significado especial"

Paulo Jorge Pereira: "Noruega pode ter um significado especial"
Redação

Tópicos

O selecionador nacional antecipou o jogo com a Noruega, o primeiro do main round do Mundial, competição que se disputa até dia 31 no Egito.

Portugal, que venceu Islândia, Marrocos e Argélia, na fase preliminar do Mundial do Egito, estreia-se já esta quarta-feira (19h30) com a Noruega no main round, no qual terá ainda pela frente Suíça e França.

O selecionador nacional, Paulo Jorge Pereira, antecipa um "jogo difícil" com a seleção nórdica, terceira classificada no Europeu de 2020 e uma das mais cotadas nesta competição.

"Pode ter um significado especial, porque talvez seja o jogo teoricamente mais difícil deste grupo, mas também pode ser a solução para passar à fase seguinte. Estamos preparados para acatar o jogo e para vencer, embora a gente saiba que vamos jogar contra uma das melhores seleções do mundo. Temos os pés bem assentes no chão, no entanto queremos ganhar", adiantou o treinador.

"Este jogo para a Noruega é decisivo. Se perderem connosco, ficam atrás de nós já. Para eles, é um jogo de altíssimo risco, para nos é um jogo em que, se não ganharmos, fica tudo em aberto. Mas ​​​​​​​tudo faremos para ganhar e continuar a sonhar", acrescentou.

Depois da Noruega, segue-se a Suíça, que Paulo Jorge Pereira considera "estar a jogar bem" e depois França., uma equipa que Portugal conhece bem e para a qual o selecionador olha com todas as cautelas: "Há um histórico entre nós: em três jogos, perderam dois. Mas a França é sempre a França e provou-o, ganhando à Noruega. Agora, o histórico pode espicaçar os ânimos franceses, estão aqui emoções em jogo. Eles querem mostrar que são melhores. Mas quando chegarmos a esse jogo, não sei qual será a situação: se será de tudo ou nada... não sabemos, são jogos diferentes."