Antes de Queta e Brito, há outro português que já está na "March Madness"

Antes de Queta e Brito, há outro português que já está na "March Madness"

Francisco Amiel, da Universidade de Colgate, está apurado para a fase final do torneio universitário norte-americano (NCAA)

A Universidade de Colgate, onde atua o português Francisco Amiel (23 anos), apurou-se esta madrugada para a fase final do torneio de basquetebol universitário norte-americano (NCAA), um momento mais conhecido como "March Madness" (Loucura de março) e que arranca dia 19.

Os Raiders, que já tinham vencido a fase regular da Patriot League pela primeira vez desde 1996, arrecadaram o título com uma vitória sobre a Universidade de Bucknell por 94-80 na final do torneio, que também tinham conquistado pela última vez há 23 anos.

O base luso, que cumpre o último ano naquela universidade, contribuiu com sete pontos, dois ressaltos e duas assistências.

A Amiel podem juntar-se dentro de poucos dias os portugueses Neemias Queta e Diogo Brito, da Universidade de Utah State, que esta quinta-feira começa a disputar o torneio da conferência Mountain West, com a partida dos quartos de final.

Os Aggies também venceram a fase regular, numa luta da qual fazia parte a super-favorita Nevada, e procuram atingir a "March Madness" pela primeira vez em oito anos.

Antes de entrar em ação, Queta, que tem sido apontado à NBA, já recebeu duas distinções: foi considerado o Rookie e Defesa do Ano de Mountain West.