Schumacher em tratamento secreto e garantem: "Está consciente"

Schumacher em tratamento secreto e garantem: "Está consciente"

Em declarações ao "Le Parisien", um enfermeiro do Hospital Georges Pompidou também revelou que Jean Todt, presidente da FIA, visitou esta terça-feira o ex-piloto de Fórmula 1.

Michael Schumacher está desde segunda-feira em Paris, no Hospital Europeu Georges Pompidou, a receber um tratamento secreto, da responsabilidade do departamento de Cirurgia Cardiovascular dirigido pelo médico Philippe Menasché.

O "Le Parisien", jornal que divulgou a notícia do internamento do ex-piloto de Fórmula 1, revelou esta quarta-feira uma declaração feita por um dos enfermeiros que trata do alemão sete vezes campeão do mundo que sofreu um acidente grave em 2013, nos Alpes franceses.

"Sim, está no meu serviço e posso assegurar que está consciente", afirmou o enfermeiro ao jornal francês.

A mesma fonte adiantou ao diário parisiense adianta que Jean Todt, presidente da FIA e chefe de equipa da Ferrari durante a brilhante passagem de Michael Schumacher pela equipa italiana, visitou o ex-piloto durante 45 minutos no Hospital Europeu Georges Pompidou.

Jean Todt esteve presente no funeral de Anthoine Hubert, piloto de Fórmula 2 que faleceu no dia 31 de agosto num acidente no Grande Prémio da Bélgica, em Spa (Bélgica), e que decorreu esta terça-feira na Catedral de Notre-Dame de Chartres, a 80 quilómetros de Paris. Ainda segundo o "Le Parisien", Jean Todt visitou Michael Schumacher depois do funeral.