Dura realidade para os Jogos e não só

Dura realidade para os Jogos e não só
Joel Neto

Tópicos

O adiamento do Mundial de Atletismo para 2022, de modo a não coincidir com os Jogos Olímpicos, cria uma pressão suplementar sobre estes. É certo que o COI tinha declarado que a competição teria de realizar-se até ao próximo ano, mas agora simplesmente deixou de haver espaço para novo adiamento.

A dura realidade é esta: não é garantido que seja possível retomar a prática das diferentes modalidades a tempo de se concluírem todas as qualificações como deve ser. De resto, no Verão de 2021 ainda não haverá vacina: as curvas podem estar todas achatadas, os serviços de saúde mais ou menos restabelecidos dos trabalhos forçados, mas do ponto de vista epidemiológico o vírus continuará à solta, em luta com a imunidade de grupo e, infelizmente, a fazer vítimas.

ELES ANDAM AÍ

Mas são bonzinhos

Não me cabe atestar o desmentido de Rafael Macedo, que nunca vi. Em abstracto, e conhecendo os políticos, não me surpreenderia que os insultos a Ronaldo pelo passeio deste com os filhos e a mulher - "Quero que esse animal que vem de Itália fique em casa. Retirem-me este vagabundo da Madeira" - tivessem sido um rasgo populista que correu mal.

Agora, que me chegam relatos de cada vez mais gente pirateada, chegam. Anónimos, conhecidos e até amigos - muitas pessoas têm sido alvo de hacking e phishing, inclusive em Portugal, desde que começou a pandemia. Mas, claro: Ana Gomes, o FC Porto e os demais defensores de Rui Pinto não veem uma relação entre as duas coisas, pois não?