Premium "Cristiano Ronaldo teria ganhado Alcácer-Quibir sozinho"

"Cristiano Ronaldo teria ganhado Alcácer-Quibir sozinho"

FORA DA CAIXA - Joel Neto, cronista de O JOGO, escreve hoje sobre o desempenho de Cristiano Ronaldo em mais uma noite de Liga dos Campeões.

Já não há análise técnico-táctica que se justifique. Nem sequer mediática, ao contrário do que acontece com cada vez mais coisas. O que está em causa, quando se trata de Ronaldo, é sobretudo, e cada vez mais, o seu inigualável sentido de História.

Logo ontem, no ajuste de contas com um velho rival. Na semana em que o Real Madrid teve de ir recuperar o líder com que foi tricampeão europeu. No dia em que a maior parte dos jornais fez uma lista dos potenciais novos galácticos e teve de ignorar o seu nome. Diante do treinador do gesto indizível. Com as palavras de Álvaro Domínguez, "Ronaldo nunca será lembrado como uma lenda", reverberando ainda no ar.