Costa admite fechar escolas se variante inglesa tornar-se dominante

Costa admite fechar escolas se variante inglesa tornar-se dominante
Redação com Lusa

Quarta-feira vão iniciar-se os testes rápidos nas escolas

O primeiro-ministro anunciou que na quarta-feira vão iniciar-se os testes rápidos nas escolas e adiantou que não hesitará em fechar estabelecimentos de ensino se verificar que a variante inglesa do novo coronavírus, mais contagiosa, tornou-se dominante.

António Costa falava na abertura do debate sobre política geral na Assembleia da República, após uma intervenção do líder parlamentar do PSD, Adão Silva, que foi muito crítica em relação à atuação do Governo no combate à epidemia de covid-19.

"Neste momento, estamos a bater-nos para manter as escolas abertas, já que sabemos o enorme custo social que representa fechá-las. Na quarta-feira, vamos iniciar uma campanha de testes rápidos em todas as escolas, tendo em vista reforçar a segurança", disse.

Se para a semana ou daqui a 15 dias se souber, ou até mesmo se já nesta quarta-feira se souber, por exemplo, que a estirpe inglesa se tornou dominante no país, então, muito provavelmente, vamos ter mesmo de fechar as escolas", advertiu depois o líder do executivo.