Covid-19: Portugal regista um novo máximo de mortes em 24 horas

Covid-19: Portugal regista um novo máximo de mortes em 24 horas
Redação com Lusa

Números da DGS revelados esta terça-feira.

Portugal contabilizou esta terça-feira 218 mortes, um novo máximo de óbitos em 24 horas, relacionados com a covid-19, e 10.455 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Quase metade das mortes registou-se na região de Lisboa e Vale do Tejo (88 mortos).

Na segunda-feira as autoridades de saúde deram conta da morte, no total, de 167 pessoas em 24 horas.

O boletim epidemiológico da DGS revela também que estão internadas 5.291 pessoas, mais 126 do que na segunda-feira, das quais 670 em unidades de cuidados intensivos, ou seja, mais seis, dois valores que são novos máximos.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, Portugal já registou 9.246 mortes associadas à covid-19 e 566.958 infeções pelo vírus SARS-CoV-2, estando hoje ativos 135.841 casos, menos 45 do que na segunda-feira.

Desde 29 dezembro que não se registava uma redução do número de ativos, dia em que Portugal tinha 65.457 casos ativos.

As autoridades de saúde têm em vigilância 174.355 contactos, mais 8.120 relativamente ao dia anterior.

O boletim revela ainda que mais 10.282 pessoas foram dadas como recuperadas.

Desde o início da epidemia em Portugal, em março, já recuperaram 421.871 pessoas.

Relativamente às 218 mortes registadas nas últimas 24 horas, 88 ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo, 51 na região Norte, 55 na região Centro, 17 no Alentejo, cinco na região do Algarve e duas na Região Autónoma da Madeira.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificadas 5.012 novas infeções, contabilizando-se até agora 191.718 casos e 3.332 mortes.

Lisboa e Vale do Tejo regista 47 por cento das infeções a nível nacional e 40 por cento das mortes nas últimas 24 horas.

A região Norte registou mais 2.970 novas infeções por SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas e, desde o início da pandemia, contabilizou 261.287 casos de infeção e 3.811 mortes.

Na região Centro, registaram-se mais 1.605 casos, acumulando-se 76.173 infeções e 1.495 mortos.

No Alentejo, foram assinalados mais 531 casos, totalizando 18.989 infeções e 431 mortos desde o início da epidemia em Portugal.

A região do Algarve tem hoje notificados mais 198 novos casos, somando 12.897 infeções e 127 mortos.

A Madeira registou 100 novos casos. Esta região autónoma contabiliza 2.844 infeções e 28 mortes devido à covid-19.

Na Região Autónoma dos Açores foram registados 39 novos casos nas últimas 24 horas, somando 3.050 infeções e 22 mortos.

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções.

O novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 255.226 homens e 311.550 mulheres, referem os dados da DGS, segundo os quais há 182 casos de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação, uma vez que estes dados não são fornecidos de forma automática.

Do total de vítimas mortais, 4.807 eram homens e 4.439 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nos idosos com mais de 80 anos, seguido da faixa etária entre os 70 e os 79 anos.

Do total de 9.246 mortes relacionadas com a covid-19, 6.233 atingiram pessoas com mais de 80 anos, 1.883 com idades entre os 70 e os 79 anos e 773 tinham entre os 60 e os 69 anos.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.041.289 mortos resultantes de mais de 95,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.