"Só posso crescer se os jogadores me ajudarem", avisa Petit

"Só posso crescer se os jogadores me ajudarem", avisa Petit

O novo treinador do Belenenses SAD, Petit, apontou como objetivo a luta constante "pelos três pontos", ir "jogo a jogo" e ter objetividade no trabalho.

Em conferência de imprensa de apresentação, no Estádio Nacional, em Oeiras, Petit manifestou alegria por chegar ao emblema lisboeta e afirmou que a equipa técnica se limita a dar "ferramentas aos jogadores", que "têm de as saber usar".

"Quero focar-me no trabalho e nos jogadores, só posso crescer se os jogadores me ajudarem. Quero crescer com eles, quero ensiná-los e também aprender com eles. A minha realidade é o dia a dia, jogo a jogo. Foi assim como jogador e como treinador é igual. Acredito que vamos fazer um bom campeonato", sublinhou.

O técnico, de 43 anos, assinou contrato de um ano e meio, mediante objetivos fixados "pelo próprio treinador", como assegurou o presidente, Rui Pedro Soares, e já orientou dois treinos, seguindo-se outro durante a tarde de hoje.

"Estamos numa posição que não é a que queríamos, pela qualidade que o plantel tem, mas temos de nos levantar. Sou o responsável máximo por tentar transmitir o que correu mal. Se correu mal, amanhã corre melhor. Temos de ser ambiciosos na vida", frisou.

Petit começou a carreira de treinador em 2012/13 e já passou por Boavista, Tondela, Moreirense, Paços de Ferreira e Marítimo, clube no qual saiu na temporada transata. Em comum, foram todos projetos de equipas a lutar pela manutenção na I Liga, cumpridas com sucesso, mas o ex-futebolista recusou o papel de "salvador".