Jesus e o calendário do Benfica e rivais: "Claro que olhei, mas aquilo que nos agrada..."

Jesus e o calendário do Benfica e rivais: "Claro que olhei, mas aquilo que nos agrada..."

Treinador do Benfica em conferência de Imprensa de antevisão à receção ao Gil Vicente, agendada para as 18h00 de sábado e a contar para a 27ª jornada da Liga NOS.

Campeonato em aberto? "Aquilo que sei é a recuperação que estamos a tentar fazer em relação aos adversários à nossa frente. Neste momento estão dois, e para chegar ao primeiro, primeiro tens de chegar ao segundo. Para chegar ao segundo depende de ti, para chegar ao primeiro não. Acreditamos que jogo a jogo podemos recuperar essa posição, porque estamos dependentes de nós em relação ao segundo classificado. O resto é o nosso adversário que vai à frente que tem essa responsabilidade e nós estamos dependentes deles."

Olhou para o calendário dos três primeiros classificados? "Claro que olhei, mas é subjetivo. No futebol às vezes os jogos que parecem mais fáceis tornam-se mais difíceis. Aquilo que nos agrada é que temos dois jogos com os nossos rivais que vão à nossa frente, é nisso que nos baseamos. No que possamos controlar, nos nossos jogos, e mesmo assim às vezes não conseguimos controlar tudo. Mas para mim e para a equipa é um fator que nos dá mais confiança, do que se tivéssemos oito jogos e não tivéssemos os nossos rivais entre jogos."

O Benfica neste momento é a equipa mais forte? "Há momentos em que as equipas estão melhores ou piores durante a época, mas melhor é quem chega ao fim e ganha. Ao longo do percurso, dos 34 jogos, foi a que fez mais pontos. Por isso, essa tem de ser a melhor equipa. O facto de o Benfica ter feito alguns jogos, cinco/seis, interessantes... Na soma de todos os jogos não foi o melhor. O melhor é o Sporting porque está à frente, não tenho dúvida nenhuma."