Rui Costa: "Jamais posso pensar que estou a assinar uma coisa que não é legal"

Rui Costa: "Jamais posso pensar que estou a assinar uma coisa que não é legal"

Rui Costa concedeu na noite desta quinta-feira uma entrevista a José Alberto Carvalho no Jornal das 8 da TVI.

Documentos: ""Podem ser assinados por qualquer um dos administradores que naquele momento estejam na SAD e disponíveis para assinar. Eu muitas vezes estou no Seixal e os contratos são assinados na Luz. Em nenhuma circunstância posso pensar que estou a assinar um documento que não seja verdadeiro. Faz parte da vida de um clube, há contratos para assinar todos os dias, com muito dinheiro. Jamais posso pensar que estou a assinar uma coisa que não seja legal."

Auditoria: "Foi pedida para perceber o que se está a passar com este processo. Não temos nada a esconder. A transparência é uma das coisas que quero trazer para o Benfica. O Benfica tem que ser falado pelas boas razões e não pelas más razões. Tudo o que seja feito no Benfica deve ser com a máxima transparência para os sócios e adeptos. É a minha primeira premissa enquanto presidente do Benfica."

Candidatura à presidência? "Não disse isso. Neste momento, a minha missão é trazer de novo a estabilidade ao clube e preparar a época desportiva que está à porta. No dia 4, entraremos na [eliminatória] da Liga dos Campeões. Os únicos focos prendem-se com a estabilidade que o clube precisa, para podermos ganhar de novo. Toda a gente neste momento que trabalha comigo está proibida de falar em eleições. Não estou a brincar. O que peço é que o clube volte a ganhar estabilidade e seja competitivo. Eleições vai haver, serão marcadas. Até ao final do ano irão ser efetuadas."

Revisão dos estatutos: "Admito que sim, sendo que não será neste período. Temos de adaptar estatutos às novas realidades e aos desejos dos sócios. Mas tudo a seu tempo. O foco é o que acabei de referir. Temos o apuramento para a Liga dos Campeões já no imediato. Estes são os meus focos."