Rui Costa lembra zangas, mas tem uma certeza: "Vieira sabe que eu não sou ingrato"

Rui Costa lembra zangas, mas tem uma certeza: "Vieira sabe que eu não sou ingrato"

Declarações do presidente do Benfica em entrevista ao Jornal das 8 da TVI.

Reencontro com Luís Filipe Vieira: "Espero que sim. Se fosse neste momento, dava-lhe um abraço de muita força e coragem. Para além dos aspetos pessoais, não é nada fácil em termos de Benfica. Não tenho a menor dúvida do que está a sofrer. Acima de tudo, se houvesse algo para esclarecer era com ele. Não tenho a menor dúvida de que não há ninguém no Benfica que me conheça melhor que Luís Filipe Vieira. Ele sabe que eu não sou ingrato. Ele conhece-me ainda eu não era jogador do Benfica. Não vou negar a amizade que tenho com Luís Filipe Vieira."

Relação com Luís Filipe Vieira: "Inicialmente até era de tutor. Tinha acabado de jogar e passei a dirigente com ele. Foi um voto de confiança. Foi uma relação próxima, umas vezes de pai e filho, outras vezes de colega. Zangámo-nos muitas vezes, ele sabe disso, pelo caminho. Ele com razões de queixa de mim, eu dele, mas houve sempre uma grande amizade e respeito."

Palavra aos benfiquistas: "Quero que entendam o momento que o clube vive e o quão importante é estarmos juntos. Vamos começar uma época muito importante para a história do clube, com o regresso dos adeptos ao estádio. Não houve clube no mundo que sentisse tanto a ausência dos adeptos. Tenho a certeza disto como jogador e dirigente. Não enchemos só a Luz, enchemos estádios todos de norte a sul do país. Devemos perceber que unidos somos mais fortes."