"É um orgulho enorme, até porque já passou por aqui o meu pai"

"É um orgulho enorme, até porque já passou por aqui o meu pai"
Redação com Lusa

Tópicos

Jorge Silva, filho do antigo internacional português campeão pelo Boavista, com o mesmo nome, está encantado com a chegada ao Bessa.

O futebolista Jorge Silva, emprestado pelos italianos da Lazio ao Boavista, deseja honrar o legado construído pelo pai durante a passagem pelo Estádio do Bessa, onde se sagrou campeão nacional na temporada 2000/01.

"Sinto a responsabilidade de respeitar as pessoas que o meu pai respeitou neste clube. Há essa imagem para passar, embora não tenha nenhuma pressão dentro de campo. Simplesmente basta jogar o meu futebol e mostrar aquilo que valho", apontou o central, numa nota publicada pelos axadrezados nas redes sociais.

Jorge Silva, de 21 anos, é irmão de Fábio Silva, avançado que trocou o FC Porto pelos ingleses do Wolverhampton, e filho do antigo médio internacional português Jorge Silva, que atuou no Bessa em duas fases distintas (1994-2004 e 2008-2010), tendo sido cedido ao Boavista com opção de compra no último dia do mercado de transferências.

"É um orgulho enorme vir para esta casa, até porque já passou por aqui o meu pai. Foi-me apresentado um projeto muito interessante e vou fazer tudo para corresponder às expectativas", frisou o atleta, que chegou às camadas jovens da Lazio há três épocas, após passagens pelas equipas de base de Gondomar, FC Porto, Padroense e Benfica.

Jorge Silva integra o lote de 20 reforços oficializados pelas "panteras" para 2020/21, além dos guarda-redes Cristian Lima e Léo Jardim, dos defesas Adil Rami, Chidozie, Jesús Gómez, Nathan Santos, Ricardo Mangas, Jackson Porozo, Reggie Cannon e Yanis Hamache, dos médios Angel Gomes, Javi García, Nuno Santos, Sebastián Pérez e Show e dos avançados Alberth Elis, Jeriel de Santis, Jorge Benguché e Musa Juwara.

O Boavista ocupa a 14.ª posição da I Liga, com apenas dois pontos somados em nove possíveis, e vai defrontar o Vitória de Guimarães no encontro de encerramento da quarta jornada, aprazado para 19 de outubro, no Estádio do Bessa, no Porto.