Lito fala de amarelos a mais para o Boavista: "Tem a ver com as calúnias"

Lito fala de amarelos a mais para o Boavista: "Tem a ver com as calúnias"

Lito Vidigal, treinador do Boavista, queixa-se de calúnias antes do jogo com o FC Porto, marcado para domingo

Combativa ou violenta: "Tem a ver com as calúnias. Temos um jogador muito leal, o Ackah, fez um jogo muito bom quando se estreou e caluniaram esse miúdo. Nos jogos seguintes, à primeira falta, foi amarelado. Tão leal, tão humilde, soube-se sempre controlar sem levar o segundo amarelo. A minha equipa é uma equipa de trabalho, profissional, leal. Por causa das calúnias é penalizada. Para quem estou a dizer isto? Não adianta perder tempo"

O guarda-redes: O Helton jogou em Setúbal por opção técnica. Contra o FC Porto vai jogar o Bracali"

Favoritismo do FC Porto: "Claro que o FC Porto é o favorito, a nós cabe-nos contrariar e em campo reduzir esse favoritismo. Temos de ser uma verdadeira equipa. Temos de ser superiores em termos de organização, crer e ambição."

Mexidas de Sérgio Conceição: "Qualquer equipa que o Sérgio apresente será forte. O mais importante é olhar para a minha equipa e percebermos onde podemos superiorizar-nos e encontrar algumas fragilidades, todas as equipas as têm."

Duelos com os grandes: "Ganhámos ao Braga na época passada e nesta. Perdemos com o Sporting na última época com um penálti fantasma, uma vergonha e empatámos com o Sporting esta época com um golo de ressalto. Isso quer dizer a equipa tem sido competitiva."