Salvador diz que Braga tem de "mudar a vida das pessoas" e não esquece Sá Pinto

Salvador diz que Braga tem de "mudar a vida das pessoas" e não esquece Sá Pinto
Francisco Sebe

Tópicos

Presidente do Braga discursou na Câmara Municipal após conquista da Taça da Liga.

António Salvador apontou a missão do Braga no discurso desta segunda-feira na Câmara Municipal da cidade dos arcebispos, após a conquista da Taça da Liga no último sábado. De acordo com o presidente do emblema arsenalista, o Braga "tem de mudar a vida das pessoas".

"Uma grande instituição como o Braga tem de mudar a vida das pessoas, de fazê-las felizes. É por isso que trabalhamos, para que as crianças sejam mais felizes", afirmou Salvador, deixando também uma nota de agradecimento aos adeptos.

O dirigente máximo dos bracarenses reforçou ainda a importância da "identidade" do clube e apontou a "mais uma final", já na próxima jornada da I Liga, frente ao Moreirense:

"A identidade não é só uma palavra, é sentir a paixão pelo clube, a identidade dos nossos adeptos, que nos apoiam diariamente, isto é um sentimento que não se explica, traz-nos mais responsabilidades, é um sentimento que nos vai deixar a trabalhar de uma forma vincada. Há uma final já no próximo jogo, frente ao Moreirense, um jogo difícil, e, como disse Rúben Amorim, cada jogo é uma final", acrescentou António Salvador, antes de agradecer também a Ricardo Sá Pinto, substituído por Rúben Amorim ao leme da equipa.

"Parabéns ao Rúben Amorim e à sua equipa técnica, que conseguiu contagiar uma alegria enorme a estes atletas. Uma palavra também especial para o Sá Pinto, que foi ele que nos trouxe a esta final four. Sem ele, não poderíamos estar aqui a comemorar esta vitória. Vocês sabem como é a forma de trabalhar deste clube", rematou Salvador.