Bruno Alves está de saída do Famalicão após três semanas

Bruno Alves está de saída do Famalicão após três semanas
Tomaz Andrade/João Maia

Tópicos

Internacional português terá tido um desentendimento com Ivo Vieira no treino de segunda-feira, uma situação que o clube não comentou... nem negou.

A experiência de Bruno Alves no Famalicão pode não ter durado mais do que 19 dias. O defesa-central terá tido um desentendimento com o treinador Ivo Vieira durante o treino de segunda-feira, numa situação que poderá resultar na quebra contratual entre as partes.

O caso abalou o clube minhoto e nenhuma das partes quis abordar o alegado caso durante o dia desta terça-feira. O JOGO tentou obter reações de Bruno Alves, Miguel Ribeiro, presidente da SAD famalicense, e Ivo Vieira, mas nenhum deles se mostrou disponível para comentar a situação.

De forma oficial, o clube minhoto apenas referiu que não ia tecer qualquer comentário, se bem que também não tenha negado o suposto desentendimento entre o internacional português, de 39 anos, e o treinador madeirense.

O defesa, de 39 anos, foi apresentado como reforço no primeiro dia de julho, com um contrato válido por duas temporadas. Com um currículo com vários títulos, dos quais se destaca o Campeonato da Europa alcançado com a seleção portuguesa em 2016, Bruno Alves tinha terminado o contrato com os italianos do Parma, emblema que representou por três épocas, para ingressar num clube onde o pai também jogou. "É muito especial", admitiu na altura.

Bruno Alves apresenta no palmarés quatro Ligas portuguesas, três Taças de Portugal e três Supertaças Cândido de Oliveira, ao serviço do FC Porto, duas Ligas russas, uma Taça da Rússia e uma Supertaça da Rússia, pelo Zenit, e uma Liga turca e uma Supertaça da Turquia, com o Fenerbahçe.