Diretor do Farense punido com 23 dias de suspensão por protestos contra a arbitragem

Diretor do Farense punido com 23 dias de suspensão por protestos contra a arbitragem
Redação

Tópicos

Castigos foram divulgados nesta quarta-feira. Carlos Silva foi suspenso por 23 dias devido a protestos no jogo com o Belenenses SAD.

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol castigou Carlos Silva, diretor do Farense, com 23 dias de suspensão depois de este protestar com a arbitragem no jogo frente ao Belenenses SAD da sexta jornada da I Liga.

"Marcai a falta, filhos da p***" foram as palavras do responsável dos algarvios que lhe valeram ainda uma multa no valor de 1530 euros.

Tanto o Farense como o Belenenses SAD foram ainda multados por se atrasarem na chegada à segunda parte. A equipa da casa em 164 euros, os lisboetas em 225, por serem reincidentes.