Mais 12 elementos do Gil Vicente recuperados da infeção por covid-19

Mais 12 elementos do Gil Vicente recuperados da infeção por covid-19
Redação com Lusa

Tópicos

O Gil Vicente registou 18 casos positivos entre 11 e 13 de setembro, pelo que ainda existem quatro pessoas dadas como infetadas.

O Gil Vicente conta com mais 12 elementos recuperados da covid-19, entre jogadores e membros da estrutura minhota, após os testes realizados hoje, adiantou à Lusa fonte oficial do clube de Barcelos.

O número de pessoas curadas da infeção pelo novo coronavírus no seio dos galos subiu para 14, depois das recuperações do treinador principal Rui Almeida e do treinador de guarda-redes Miguel Matos, confirmadas na quarta-feira.

O Gil Vicente registou 18 casos positivos entre 11 e 13 de setembro, pelo que ainda existem quatro pessoas dadas como infetadas: uma ligada ao plantel, que, segundo a fonte do clube, vai "realizar um novo teste para se verificar o processo de cura", e três alheias ao futebol profissional gilista.

Na sequência dos casos detetados, a equipa barcelense recebeu ordem das autoridades de saúde para cumprir quarentena obrigatória, com os jogadores a treinarem individualmente, a partir de casa, e espera ainda "luz verde' para o regresso aos treinos coletivos, no relvado.

O emblema minhoto já adiantou, porém, que a receção ao Portimonense, relativa à segunda jornada do campeonato e agendada para as 16:00 de domingo, "não está em risco" de não se realizar.

O embate com a turma de Portimão pode marcar a estreia dos "galos' na edição 2020/21 da I Liga, depois do encontro da primeira ronda, com o Sporting, em Lisboa, previsto para o passado sábado, ter sido adiado para a semana entre 12 e 16 de outubro.