Nacional aposta no scouting depois da descida de divisão

Nacional aposta no scouting depois da descida de divisão

Clube madeirense vai implementar um departamento de scouting constituído por três pessoas.

Os responsáveis do Nacional, que desceu à II Liga, vão implementar um departamento de scouting constituído por três pessoas (um líder e mais dois membros) que trabalharão a tempo inteiro no clube. Os nomes serão conhecidos brevemente. Esta é uma das primeiras medidas da Direção para tornar o departamento do futebol do Nacional mais eficiente.

Com este gabinete, o Nacional pretende tornar mais eficiente o processo de contratação de jogadores, algo que esta época não correu de feição, uma vez que dos onze jogadores que chegaram ao plantel apenas Kalindi e Rosic (emprestado pelo Braga) foram indiscutíveis na defesa. Outro dos objetivos passa por detetar jovens promessas portuguesas, de escalões inferiores e com elevado potencial.