Nuno Manta eleva para seis o número de saídas de treinadores na I Liga

Nuno Manta eleva para seis o número de saídas de treinadores na I Liga

Nesta temporada já foram cinco clubes a mudar de treinador.

Nuno Manta está de saída do comando técnico do Marítimo e é o sexto treinador da I Liga a deixar o clube onde começou a época.

A primeira chicotada psicológica da temporada foi a de Filipe Rocha, que foi depois substituído por Pepa no Paços de Ferreira, a 1 de setembro de 2019.

Dois dias depois, Marcel Keizer deixou o Sporting deixando vago um cargo que viria a ser ocupado por Jorge Silas - saiu do Belenenses SAD a 4 de setembro e viu Pedro Ribeiro suceder-lhe.

Augusto Inácio foi o quarto técnico a sair de um emblema da primeira divisão, deixando o Aves no final de outubro. Leandro Pires é agora o timoneiro dos avenses.

Cinco dias depois, a 26 de outubro, Sandro Mendes deixava o Vitória de Setúbal e era substituído, de forma interina, por Meyong. Nesta segunda-feira, os sadinos apresentaram o novo treinador: Julio Velázquez.

Também nesta segunda-feira se viu a sexta chicotada psicológica em 2019/20. Nuno Manta venceu apenas três dos 15 jogos ao serviço do Marítimo e deixou o cargo. Até ao momento, os madeirenses não anunciaram o novo treinador.