Pepa comenta lance decisivo: "Não me vou agarrar ao penálti"

Pepa comenta lance decisivo: "Não me vou agarrar ao penálti"

Pepa, treinador do Paços de Ferreira, falou depois de perder no reduto do V. Guimarães.

Análise: "Não nos queríamos agarrar ao ponto. Viemos aqui [Guimarães] para conseguir os três, mas, por mérito do Vitória, da qualidade do seu plantel e do trabalho do Ivo, não conseguimos ter critério e capacidade de decisão com bola. Só quando saímos em ataque organizado é que conseguimos construir algo. As poucas oportunidades que tivemos foram claras, mas não conseguimos rematar à baliza. Conseguimos levar o Vitória para o jogo exterior, onde não se sente tão confortável."

Penálti: "Não me vou agarrar ao penálti [cometido por Bruno Santos sobre Rochinha]. Temos de ser mais lúcidos com bola e sem bola. Naquele momento, não decidimos bem e deitámos todo o esforço a perder. São protestos de quem está na flor da relva, mas temos de protestar connosco e não cometer este tipo de erros. Temos de olhar para dentro. Parabéns ao Vitória pelos três pontos e que, na quinta-feira, consiga, [frente ao Eintracht Frankfurt, para a Liga Europa], pontos para Portugal [no 'ranking' da UEFA]."

Calendário: "Temos um jogo da Taça da Liga e um outro da Taça de Portugal antes, [mas a paragem do campeonato] é boa para eu conhecer melhor tudo e todos. Não há titulares nem suplentes. Vai ser importante entrarmos bem nas taças, porque o Paços tem tradição nas taças. É importante estarmos bem no jogo com o Marítimo em casa [para a Taça da Liga]".