Daniel Ramos: "Vitória segura, uma eliminatória que não deixou dúvidas..."

Daniel Ramos: "Vitória segura, uma eliminatória que não deixou dúvidas..."

Treinador do Santa Clara considerou, esta quinta-feira, que o apuramento da equipa na Conference League é incontestável e manifestou esperança na capacidade açoriana na próxima eliminatória

Superioridade confirmada: "Merecemos vencer, apesar da boa réplica do adversário, como tinha alertado. O nosso primeiro jogo foi excecional e pareceu que as equipas eram muito distantes entre valor. Não era bem assim. Levamos o jogo a sério, fizemos um jogo competente e gerimo-lo em vantagem, até a pensar na primeira jornada do campeonato. Temos menos de 72 horas para o próximo jogo. Uma vitória segura, uma eliminatória que não deixou dúvidas. Estamos satisfeitas."

Gestão a pensar no Farense: "Sim, dar a oportunidade a jogadores, uns do ano passado e outros que chegaram agora, que têm demonstrado valor e têm trabalhado. Se pudesse, tinha metido mais, pelo resultado seguro. Era perfeitamente possível dar oportunidade, mas eles sabem que contamos com todos, hoje uns, amanhã outros. Todos fazemos parte desta família que quer fazer uma grande época."

Terceira eliminatória: "Vamos estudar o adversário, tentar informarmo-nos o mais possível. Vamos jogar primeiro em casa. Já nos apresentamos a um bom nível aqui e sabemos que precisamos de ser competentes nas duas mãos. Perante a nossa massa associativa, que hoje esteve espetacular, que nos apoiou e estava desejosa que demonstrássemos qualidade. Temos ouvido muito por fora e pouco cá dentro. O futebol é emoção e espetáculo. Deram-nos uma alegria muito boa. É pensar assim e desejar que a próxima eliminatória esteja, com maior ou menor dificuldade, ao nosso alcance."

Manter núcleo duro: "É pena que o mercado ainda não tenha fechado. Era sinal de continuidade de alguns jogadores. Temos a convicção de que isso é possível, depende da administração. Queremos manter uma linha de continuidade e proporcionar novamente uma estabilidade à equipa. Se assim não for, estaremos ativos e à procura. O plantel está por fechar e há posições em aberto, independentemente de sair alguém ou não. Outros vão jogar brevemente porque, como referi, todos são importantes. Estou contente por aquilo que estou a presenciar."