Emanuel Ferro tem uma certeza: "Temos ativos muito fortes"

Emanuel Ferro tem uma certeza: "Temos ativos muito fortes"

Adjunto de Rúben Amorim fez a antevisão ao encontro com o LASK Linz, do play-off da Liga Europa.

Reencontro: "É incomparável e não acredito que nenhuma das equipas esteja a basear-se no passado. Nós tivemos a pensar num jogo que sabemos que é decisivo para uma competição onde queremos estar na fase de grupos. A preparação foi específica tendo em conta os últimos jogos. O adversário manteve a sua base, é intenso e mantém várias coisas do seu perfil de jogo, apesar de ter mudado de técnico. Nós somos uma equipa diferente que tem trabalhado com grande ambição, com crescimento na ideia de jogo e acreditamos que isso nos vai ajudar a fazer um grande jogo".

Regresso dos jogadores: "Nós temos um grupo de trabalho que se tem vindo a preparar em termos coletivos. Quem teve de fora teve uma preparação muito específica. O Nuno (Santos) teve pouco tempo com a equipa antes do Paços e deu uma boa resposta. Temos ativos muito fortes e sabemos o que cada um pode dar tendo em conta a estratégia para este jogo".

Sem comparações: "São equipas diferentes. O LASK é diferente do que foram Paços e Aberdeen. Encaramos cada jogo como um momento distinto. Cada equipa quer passar, nós temos essa intenção tendo em conta o potencial e as fraquezas dos adversários. Queremos controlar e ter posse: ganhar com a nossa forma de jogar".

Rúben Amorim: "O regresso do Rúben é um fator de satisfação para o grupo e os jogadores que voltam engrandecem o grupo. Estaremos mais fortes e isso é indubitável".

Estratégia: ""Nós temos a nossa estratégia de jogo e sabemos que um jogo tem uma história muito variável. Temos de estar conscientes que em cada momento, quer tenhamos domínio ou quando o adversário nos colocar em causa, temos de estar serenos e levar a estratégia até ao fim. Queremos ser nós a dominar, temos ambição, a equipa está a sentir-se muito capaz e isso pode ser decisivo para chegar à vitória frente a um adversário competitivo".

Sem abrir o jogo: "Compreendo as perguntas, mas não vou poder adiantar qualquer nome da convocatória ou do onze. O que posso dizer é que num período de tantos jogos, a gestão dos jogadores é feita ao detalhe e que contamos apresentar o melhor onze em termos de desempenho".