Brilha no Vitória e acreditam que pode ser um dos melhores negócios da história do clube

Brilha no Vitória e acreditam que pode ser um dos melhores negócios da história do clube

Edwards somou mais um golo e tornou-se tão influente na liga como João Carlos Teixeira e Bruno Duarte.

O talento de Marcus Edwards voltou a fazer a diferença num jogo fundamental para o Vitória de Guimarães.

Depois de ter falhado o dérbi minhoto devido a uma mialgia, o internacional inglês sub-20 regressou à equipa de pé quente e inaugurou o marcador de forma magistral na vitória sobre o V. Setúbal, juntando-se a João Carlos Teixeira e a Bruno Duarte no primeiro lugar do pódio dos vitorianos com maior participação em golos no campeonato (dez), como resultado de seis remates certeiros e quatro assistências.

A melhor fase do extremo verificou-se em dezembro, altura em que faturou em três jogos consecutivos, diante do Portimonense, Eintracht Frankfurt e Gil Vicente, mas parece acelerar para um fim de época em grande, pois já havia marcado na partida com o Sporting, no pós-retoma da liga.

Para encontrar um inglês com mais golos apontados no nosso campeonato, é necessário recuar até 1997/98 e Edwards está muito perto de igualar essa marca (sete), conseguida pelo ponta de lança Brian Deane ao serviço do Benfica.

Sem cláusula de rescisão fixada, o atacante do Vitória é seguido há muito por vários clubes, incluindo ingleses (estreou-se a marcar contra o Arsenal), e a SAD acredita que poderá tornar-se num dos melhores negócios da história do clube, tal como foi o central Tapsoba, vendido ao Bayer Leverkusen por 18 milhões de euros, sabendo-se que o Tottenham terá direito a metade do encaixe.

Consciente de que em breve poderá tornar-se numa "mais-valia", o técnico Ivo Vieira sublinhou que a pérola britânica ainda não é um artigo terminado. "Faz coisas maravilhosas com bola, mas ainda pode melhorar noutras vertentes do jogo. Cresceu à medida que a época foi avançando. Isso tem a ver com a instituição Vitória e com o treinador que o recebeu e que consegue perceber o atleta", observou.

- Recorde o golaço de Marcus Edwards frente ao V. Setúbal: