Pepa: "Não há palco melhor do que o Dragão para darmos a volta à nossa situação"

Pepa: "Não há palco melhor do que o Dragão para darmos a volta à nossa situação"

Treinador do Vitória de Guimarães em conferência de Imprensa de antevisão ao jogo com o FC Porto, a contar para a 12ª jornada da Liga Bwin (domingo, 20h30).

Expectativas para o Dragão: "Há sempre momentos bons e menos bons no percurso de uma equipa. Tínhamos a ambição de chegar longe na Taça e agora já não podemos pensar nisso. Não há palco melhor, ainda que num contexto difícil, do que o Dragão para darmos a volta à nossa situação. Temos de ter muita personalidade e inteligência para este jogo, que será rico em dificuldades e muito denso em competitividade."

O FC Porto: "Cria muitas dificuldades. Tem um padrão de jogo muito especial, mas está a defender de uma forma diferente da época passada, exercendo pressão de forma muito forte e alta. Ganha por isso bolas com grande facilidade. Já estão muito rotinados nesse tipo de pressão, acho até que estão mais competentes do que no passado. Procuram sempre a profundidade e também passaram a fazê-lo nesta época com mais objetividade, sempre na direção da baliza. Vamos tentar agredir na medida do possível. Teremos de ser muito competentes para contrariarmos e anularmos os pontos fortes do FC Porto, mas temos condições para agredirmos e muito o FC Porto. Teremos de ser muito inteligentes em todos os momentos do jogo."

Reflexão com o grupo: "É essencial sermos competitivos contra o FC Porto, o Moreirense ou outra equipa qualquer, seja contra quem for. Olhámos para os segundos 45 minutos do último jogo e tivemos coisas mais negativas do que positivas. Já falámos e já dissecámos esse jogo. Agora temos que nos agarrar ao que já fizemos de bom. Vamos ser o melhor Vitória, seremos intensos e solidários. De resto, não há nada melhor do que um adversário destes nesta altura. Se tivéssemos sido eliminados da Taça a jogar como jogámos na primeira parte, com maior resiliência, a frustração seria igual, mas sairíamos com a cabeça bem levantada... Quem tiver medo de errar, perde e erra. Não podemos ter esses receios. O contexto é difícil, mas ele que venha. Vamos focados somente na vitória. Teremos de jogar com personalidade, intensidade e inteligência. Tudo isso tem de se manifestar."

Dúvidas em torno de Borevkovic e Estupiñán: "Ainda estamos a mais de 24h00 do jogo. Temos mais um dia. Vamos ver."