Álvaro Pacheco: "Sentimos o FC Porto a queimar tempo na parte final"

Álvaro Pacheco: "Sentimos o FC Porto a queimar tempo na parte final"

Declarações de Álvaro Pacheco, treinador vizelense, após o FC Porto-Vizela (4-2), partida relativa à 32ª jornada da Liga Bwin

Análise: "Entrámos no jogo a perder 2-0, mas chegámos a esse resultado a jogar com qualidade, com a equipa a pegar no jogo e a sermos capazes de criar oportunidades. Depois de chegarmos ao 2-2, faltou-nos um pouco de controlo emocional, sabíamos que nesse período era importante controlar o jogo mas o FC Porto conseguiu passar para a frente e mesmo assim continuámos a tentar pegar no jogo. É evidente que não foi fácil mas fomos uma das poucas equipas a vir aqui e, a perder 2-0, ser capaz de chegar ao 2-2 e discutir o jogo até ao final. Sentimos o FC Porto a queimar tempo na parte final, a tentar fazer um jogo pausado e isso foi mérito do desempenho dos meus jogadores. Não conseguimos aquilo que pretendíamos, que era levar pontos, mas saio daqui orgulho pelo que os meus jogadores fizeram. Chegar e aqui, à frente de quem lidera o campeonato e jogar desta forma, fico muito orgulhoso e a jogar assim vamos conseguir ficar na Primeira Liga".

Claudemir saiu lesionado logo a seguir a marcar: "Sentiu uma dor na coxa e, por bem, porque aquilo poderia agravar uma eventual lesão, [optei por substituí-lo]. Estamos em final de campeonato e há sempre pequenas coisas que temos de gerir e o Claudemir era uma delas, sabemos quais os riscos que podemos correr, mas a vida é mesmo assim".