Caras novas para o Vizela: Igor Julião não escapa e Claudemir está perto

Caras novas para o Vizela: Igor Julião não escapa e Claudemir está perto

Anúncio de Igor Julião encontra-se preso apenas por detalhes. Segue-se o do médio Claudemir, que está a limar as últimas arestas do acordo para embarcar rumo a Portugal.

A semana deverá trazer mais duas caras novas para Álvaro Pacheco: o lateral-direito Igor Julião e o médio Claudemir, embora a situação dos dois processos seja distinta.

Passamos a explicar: Igor Julião já não escapa ao Vizela e a assinatura encontra-se presa por detalhes. O defesa, 26 anos, já se tinha despedido do Fluminense, clube que representava desde os 18 anos, tendo marcado um golo em três jogos disputados em 2021. Será a terceira experiência dele fora do país de origem, após ter passado pelos Estados Unidos em dois períodos diferentes - Sporting Kansas, em 2014 e 2017 - e pela Eslováquia, onde esteve ao serviço do Samorin, em 2018. No Vizela, lutará pela titularidade com Koffi, atualmente nos Jogos Olímpicos, e Ofori.

Quanto a Claudemir, está muito perto de voltar a Portugal, tal como O JOGO adiantou. Falta limar umas arestas para o acordo passar ao papel. O médio brasileiro, 33 anos, jogou no Braga durante ano e meio - entre 2018 e 2019 -, fez 45 partidas neste período e marcou dois golos. Saiu, entretanto, para o Sivasspor (Turquia) e em 2020/21 realizou 36 encontros. A confirmar-se, aumentará as opções num meio-campo que necessita de mais caras novas. Marcos Paulo, Raphael Guzzo e Samu formaram o tridente na derrota (2-1) com o Estrela da Amadora, para a Taça da Liga, e ainda há Tomás Silva, 21 anos, e Alex Méndez, 20 anos, que precisam de tempo para crescer. Zag é o outro centrocampista do grupo, porém mantém-se a recuperar de lesão sofrida na época anterior.

Koffi ajudou a travar o Brasil na estreia olímpica em Tóquio
Koffi fez a estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio e ajudou a Costa do Marfim a empatar, sem golos, com o Brasil, na segunda jornada do Grupo D [ver página 24]. O lateral-direito do Vizela, 23 anos, entrou aos 63" para o lugar de Zié Ouattara, do Vitória de Guimarães. No clube desde a segunda metade da época 2018/19, Koffi foi um indiscutível de Álvaro Pacheco na campanha de regresso à Liga Bwin, com dois golos em 25 jogos disputados, desempenho que lhe valeu a presença em Tóquio.