Guarda-redes Pedro Silva foi operado e só volta em 2022

Guarda-redes Pedro Silva foi operado e só volta em 2022

Guardião sofreu uma lesão na "sindesmose do tornozelo direito" e enfrenta uma paragem de cerca de quatro meses

O guarda-redes Pedro Silva foi operado a uma lesão na "Sindesmose do tornozelo direito" e iniciou o processo de recuperação, informou esta quarta-feira o Vizela, em comunicado publicado nas redes sociais.

Ao que O JOGO apurou, o guardião enfrenta uma paragem de cerca de quatro meses. "Esta é uma situação com que nos deparamos no desporto e na vida. Temos de encarar com positividade. Estou preparado para o que aí vem e disposto a trabalhar ao máximo para voltar bem e ajudar a equipa o quanto antes. Darei tanto na recuperação como dou em treino", declarou, citado pelos vizelenses.

Contratado na temporada passada ao Koge (Dinamarca), Pedro Silva fez 17 jogos em 2020/21 e tem a concorrência na baliza de Charles (ex- Marítimo) e Ivo Gonçalves.