Kiko Bondoso destacou-se no Vizela: "Se calhar, podíamos ter feito um bocadinho melhor"

Kiko Bondoso destacou-se no Vizela: "Se calhar, podíamos ter feito um bocadinho melhor"
Lino Devesas

Tópicos

Kiko Bondoso voltou a ser reconhecido pelos adeptos, que o elegeram como o melhor em campo frente ao Marítimo

Kiko Bondoso voltou a ser considerado pelos adeptos do Vizela o melhor jogador em campo, desta vez no jogo com o Marítimo. "É um prémio individual, mas podia ser coletivo, e vem recompensar uma época que foi difícil, tal como perspetivávamos. Mas, com o apoio dos adeptos e o ambiente gerado à volta da equipa, acabámos por fazer uma boa temporada", sublinhou.

Utilizado em todos os jogos da Liga, o ala contribuiu com seis golos e quatro assistências para o sucesso na sua estreia no escalão principal. "O balanço é positivo. Tivemos as dificuldades inerentes a qualquer equipa que acaba de subir, sobretudo de adaptação, pois há equipas e jogadores mais experientes. Isso fomos ganhando com os jogos, e na ponta final mostrámos que, se calhar, podíamos ter feito um bocadinho melhor", vincou, recusando um estatuto superior.

"Fui tão importante como qualquer outro jogador ou elemento do clube. Fomos todos importantes, e isso é que importa", enfatizou, considerando que o maior desafio na I Liga tem a ver com "o aspeto mental." "Um jogador que nunca jogou a este nível pode sentir, de início, que não é tão bom como os outros, mas, com o decorrer do campeonato e algumas vitórias e pontos, vem a confiança e percebe que afinal é tão bom como os outros", assinalou. E revela o jogo que mais o marcou. "Para um jogador que nunca jogou na I Liga, o primeiro jogo oficial é sempre especial, ainda por cima com o Sporting, em Alvalade. Mas também o último, com Marítimo, em que garantimos a permanência", concluiu.