Três órgãos de comunicação social impedidos de acompanhar jogo da Académica

Três órgãos de comunicação social impedidos de acompanhar jogo da Académica
Redação com Lusa

Tópicos

Rádio Universidade de Coimbra refere que está impedida de acompanhar o jogo da Académica, no reduto do Casa Pia.

A Rádio Universidade de Coimbra (RUC) disse, esta sexta-feira, que não foi autorizada pela Liga a acompanhar o jogo de futebol da II Liga entre o Casa Pia e a Académica de Coimbra, o mesmo acontecendo com o zerozero.pt e o Bola na Rede.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a direção da RUC refere que a sua equipa foi excluída do acompanhamento do encontro de futebol de domingo entre o Casa Pia e a Associação Académica de Coimbra/OAF, a contar para a 29.ª jornada da Liga SABSEG.

"Chegou o dia que não queríamos que chegasse. Foi-nos negado o acesso ao estádio de Pina Manique. Foram muitos os esforços para, ano após ano, acompanhar a Associação Académica de Coimbra/OAF para todo o lado, e oferecer um relato em primeira mão a todos os adeptos que não a possam acompanhar fisicamente. Muitas vezes em condições nada propícias à realização de relatos futebolísticos", lê-se na nota.

Segundo a RUC, "devido às restrições muito apertadas da Liga Portugal", a equipa de relatos da estação emissora não conseguirá estar presente no Estádio de Pina Manique.

"As nossas exigências não foram muitas, nunca são. Precisamos apenas de um lugar no estádio. Porém, as restrições em vigor foram mais fortes", justificam na nota Tomás Cunha Fernandes (presidente da direção) e José Miguel Martinho (coordenador dos relatos da RUC).

No comunicado, é referido que "ao mesmo tempo em que é negado aos adeptos o acesso aos estádios para apoiar os seus clubes, também a comunicação social é restringida, tornando ainda mais difícil os apoiantes fazerem a sua parte no futebol".

"No próximo domingo, a RUC, o zerozero.pt e o Bola na Rede ficaram de fora porque não há espaço nas bancadas de imprensa. No nosso lugar, ficam os mesmos de sempre: Sport TV (que tem uma sala exclusiva), Bola, Record e Lusa", acrescentam.

Os responsáveis indicam que "os restantes lugares disponíveis (5!) vão ser ocupados por pessoal não jornalista, que faz o trabalho de estatística da Liga".

"Uma decisão incompreensível e completamente insensível aos desejos dos adeptos e seguidores da Liga Sabseg, que perdem a possibilidade de acompanhar a partida via FM e "online"", consideram.

A RUC admite que "tudo isto poderia ser evitado", pois, para tal, "bastaria alguma organização por parte da Liga Portugal, que vai utilizar um espaço reservado à comunicação social para o seu trabalho estatístico".

"Lamentamos esta decisão, sendo o primeiro relato da Académica que a RUC falha em quase 10 anos", rematam os responsáveis no comunicado.

Apesar da situação, a rádio informa que, no domingo, irá acompanhar "com a mesma emoção a Briosa, mas a partir do estúdio", às 11:00, "nos 107.9 FM ou em ​​​​​​​ruc.pt/".