Futebol Benfica bateu à porta da FIFA para receber do Atlético de Madrid

Futebol Benfica bateu à porta da FIFA para receber do Atlético de Madrid

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Rodrigo Cortez

Tópicos

O Fofó considera ter a haver 100 mil euros dos colchoneros

O Atlético de Madrid não pagou ao Futebol Benfica qualquer verba relativa à aquisição de Gelson Martins. O clube português entrou em contacto com os colchoneros no sentido de ser ressarcido, de acordo com o mecanismo de solidariedade, mas a resposta obtida foi negativa, pelo que, na última sexta-feira, entregou à FIFA uma exposição do caso, segundo O JOGO constatou.

O avançado que agora alinha no Mónaco foi pela primeira vez registado na FPF em 2008, com 13 anos. A partir daí esteve durante duas épocas e meia no clube de Benfica e, segundo as contas do mecanismo de solidariedade, o Fofó entende que terá direito a quase um décimo (8,92 %) dos cinco por cento da verba total que, pela transferência, terá sido paga pelo Atlético ao Sporting.

Segundo comunicado enviado na altura pelo Sporting à CMVM, o negócio com os madrilenos fez-se por 22,5 milhões de euros, pelo que o Futebol Benfica reivindica um total aproximado de 100 mil euros.

O Atlético alegou que se tinha tratado de uma rescisão e não de uma transferência segundo os trâmites normais, pelo que, nessa perspetiva, não haveria lugar ao pagamento da quantia relativa ao mecanismo de solidariedade.

Agora a bola está do lado da FIFA, que recebeu três mil francos suíços (2 700 euros) por parte do Fofó para analisar o caso. Uma verba que será devolvida aos lisboetas caso lhes seja dada razão.

Em relação ao mesmo atleta, o clube português vai receber um total aproximado de 145 mil euros do Mónaco pelo mecanismo de solidariedade. Os franceses já pagaram a primeira prestação.