Exclusivo Ligas sem fronteiras: internacionalização rende milhares de milhões

Ligas sem fronteiras: internacionalização rende milhares de milhões
António Barroso | Catarina Domingos

O sucesso comercial e competitivo na indústria do desporto profissional obriga à quebra de fronteiras. Todas as ligas investem nos mercados estrangeiros. Todas? Não, a portuguesa está agora a começar.

A diretora executiva coordenadora da Liga Portugal, Sónia Carneiro, pôs o dedo na ferida no passado domingo, em O JOGO: "Um Portugal futebolístico que tem projeção internacional inquestionável, sendo uniformemente apontado como exemplo de um país modesto em recursos (...), que logra impor-se a seleções e campeonatos muito melhor apetrechados. O que convoca a questão embaraçosa do atraso das suas competições e da própria Liga Portugal na disputa pela atenção do público mundial".