Prometeu e cumpriu: depois da "farpa" a Stones, conseguiu mesmo marcar ao City

Prometeu e cumpriu: depois da "farpa" a Stones, conseguiu mesmo marcar ao City

Aponte o nome: Tom Pope. É, muito provavelmente, a personagem deste fim de semana.

O futebol é pródigo em histórias caricatas e, acima de tudo, pouco prováveis. Foi o que aconteceu com Tom Pope, avançado do modesto Port Vale, que milita na League Two (quarto escalão do futebol inglês).

Em junho de 2019, o jogador de 34 anos recorreu ao Twitter para "picar" John Stones, defesa-central do Manchester City, depois de uma exibição menos conseguida ao serviço da seleção inglesa. "Acabei de ver os melhores momentos do jogo de Inglaterra! Sei que jogo na League 2, sei que ele joga por Inglaterra, sei que ganha 150 mil libras por semana, seu que é um milhão de vezes melhor do que eu, mas adorava poder jogar contra John Stones todas as semanas. Marcava 40 golos por época", escreveu, então, Pope.

Ora, no sábado, em partida da Taça de Inglaterra, o Port Vale defrontou o campeão inglês e os dois jogadores estiveram frente a frente. E a verdade é que Tom Pope... marcou mesmo! Aos 35 minutos de jogo, o avançado fez, na altura, o 1-1 no Etihad.

No final do encontro, voltou ao Twitter e brincou com a situação, mesmo após a eliminação da sua equipa (perdeu por 4-1):

"Desculpem não conseguir responder a toda a gente, tem sido de loucos! Quero só dizer que estava completamente errado ao dizer que marcaria 40 golos por época. Seria mais à volta dos 50", atirou.